Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 93 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Retrato do rei Filipe IV pintado por Velásquez exposto no Museu Gulbenkian


Quinta, 04 de Abril de 2024

Um retrato do monarca espanhol Filipe IV, da autoria de Diego Velázquez (1599-1660), proveniente da Frick Collection, de Nova Iorque, vai estar exposto no Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a partir de 12 de abril, anunciou a entidade.
Trata-se da quinta edição da “Obra Visitante” do museu, no quadro de uma iniciativa lançada em 2022 pela Gulbenkian, com um autorretrato de Rembrandt (1606-1669), para criar diálogos entre obras de arte de museus de todo o mundo com as da exposição permanente em Lisboa.
Na pintura de Filipe IV de Espanha (III de Portugal, sobre o qual reinou até 1640), datada de 1644, o rei é representado em traje militar, comemorando a vitória do exército espanhol sobre as tropas francesas, aquando da reconquista da cidade catalã de Lérida, segundo a descrição da obra divulgada pelo museu.
A obra é uma das mais representativas da relação próxima estabelecida entre Filipe IV e Velázquez, pintor da corte espanhola, sublinha o mesmo texto sobre “uma das mais importantes pinturas da Frick Collection”, de Nova Iorque, que ficará exposta na Gulbenkian até 09 de setembro na galeria principal do museu.
Diego Rodríguez de Silva y Velázquez, nascido em Sevilha, um dos maiores nomes do Barroco europeu, foi o principal artista da corte do rei Filipe IV, e a sua carreira ficou marcada não apenas pelos retratos de personagens da corte, mas também por trabalhos com temas históricos, mitológicos e religiosos.

Tasca do Ronaldão



Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu