Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 94 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Francesinhas “em grande” no Casino Figueira


Quinta, 11 de Julho de 2024

O Casino Figueira continua a apostar em emoções fortes. Aos habituais shows que enchem o palco, ao desafio dos jogos da banca francesa, roleta, poker ou das slot machines, juntam-se os retoques da gastronomia. Atenção especial merecem, agora, as francesinhas. Uma iguaria com sabor do norte mas que conquistou tudo e todos e começa a assumir o estatuto de presença obrigatória, uma vez por ano, no Casino Figueira. E o verão é, por certo, a melhor altura para comprovar a versatilidade e exuberância deste “jogo” que faz um amplo apelo a todos os sentidos.
A 17.ª edição do Festival das Francesinhas começou ontem e prolonga-se até ao dia 31 de agosto. Todos os dias, entre as 19h30 e as 22h30, na Galeria do Casino, desfilam as vedetas deste espetáculo, “à grande e à portuguesa”, com respostas para satisfazer os mais diversos paladares.
Tradicional, de frango e vegetariana são as propostas em destaque no menu, pelo preço de 10,10 euros, que inclui, além da francesinha, dois copos de cerveja e café. Mas também há francesinha de kebab, uma proposta que assenta em pão pita, recheado com kebab de frango, salsicha toscana, bacon, fiambre, queijo flamengo e molho. O preço cifra-se nos 13 euros, e inclui uma cerveja Stout e café. Todas as francesinhas podem ter batata frita de palito como acompanhamento e ovo estrelado, ingredientes que representam um acréscimo de 1,20 euros ao preço.
De acordo com informação do Casino, no ano transato o festival recebeu 12.942 pessoas durante os 45 dias em que decorreu o evento, «tendo sido servidas mais de 12 mil francesinhas», o que corresponde a uma «média de 270 por dia». A francesinha de vitela foi a que «teve mais saída», com um total de 8.318, seguida da de frango, com 2.589 unidades. Já a versão “à moda antiga”, preparada com pão rústico alentejano e cachaço de porco ibérico, foi servida 649 vezes e a francesinha vegetariana 603.

Expofacic 2024